Sólidos Fofinhos

icon-08

Landscapes 18_IORParece que está cientificamente provado que a arte liberta serotonina e ia jurar que o design também. Olhando para alguns objectos que nos causam espanto, um espanto bom, percebe-se imediatamente o efeito que têm em nós, tão suave, luminoso e necessário como um banho de Sol de Inverno.

Continue Reading

Anúncios

#EleSim (lá lá lá lá laiá)

qvpbejv4dqr11.jpg

Tenho as costas quentes enquanto escrevo, e é mesmo o Sol que aquece, aqui onde estou, óculos de Audrey, t-shirt Picassiana, panamá fake que foi o que se arranjou.

Este mês de silêncio e rebuliço tem passado a correr. Muito atarefados todos, nas nossas vidinhas, olhamos o mundo pasmados pelas piores razões.

Continue Reading

Das Coisas que se Passam na Província

icon-15

FullSizeRender

Também deve ser da idade, mas agora sim percebo o Miguel Esteves Cardoso quando escreve sobre os pêssegos de Colares ou o eléctrico térmico da Praia das Maçãs. São sempre textos muito bons, daqueles que inspiram respeitinho, daqueles que quase me fazem dizer “Madzinha, tem juízo”, para depois corrigir enquanto posso, no salto, no acto, e acrescentar: juízo coisa nenhuma, sempre faz falta um bocadinho de loucura, no meu caso mesmo muita, para parir um texto de jeito e não pensar no depois.

Continue Reading

Postal de Verão #3

icon-09

IMG_8080.jpg

Agora que passou a bafa e sobrevivemos podemos respirar fundo – inhale, exhale – e retomar a vidinha. Cada um faz o que pode e eu regresso ao blogue abandonado, para afirmar que #printsnotdead e o blogging também não.

Só tem dias.

Continue Reading

Peonasmo

icon-13

IMG_2177

Tenho esta mania das peónias. Não é um fraquinho, é uma queda. É fortíssimo. Também elas têm queda para a queda.

Anda a turistada toda doida com os jacarandás. Os alfacinhas roxos de todo. O Instagram também,  roxo de todo, todo roxo, ou lilás, o que quiserem, o que importa é que são são altamente instagramáveis, o raio das árvores.

Continue Reading

ARCO en ciel

icon_10

IMG_1884

Uma notícia sobre a terceira edição da ARCOLisboa (tudopegado) diz assim: “ARCO. Há galerias londrinas que preferiram Lisboa a Madrid”. Isto provoca-me algum espanto. Isto não devia ser notícia. Só apetece dizer:

PUDERA.

Continue Reading

Coisa Séria

icon-14

Capitão Fausto_3.jpg

Não há explicação para a minha adoração por Capitão Fausto. É coisa séria e piora com a idade. O que tem ainda mais graça quando penso que, com jeitinho, e pelo menos de um ponto de vista estritamente biológico, os Capitão Fausto podiam ser meus filhos.

Bando de meninos. Banda de meninos.

Continue Reading

No more posts.