Ar Fresco (Lidija Kolovrat)


Depois de vários dias de seclusão caseira (os brônquios reactivos de S. assim o têm exigido!) ontem pus um pé na rua, ao fim da tarde, para visitar o novo espaço de Lidija Kolovrat, na rua D. Pedro V. Que prazer! Não só porque o espaço, uma aparentemente “des”, mas cuidadíssima recuperação/intervenção da arquitecta Joana Rosa, está cheio de graça, patine, provocação, mates e brilhos, nem só porque a ideia é fazer do lugar uma plataforma transdisciplinar (para moda, joalharia, arte, design), mas também, para mim, porque soube bem, tão bem, levar com ar fresco (bem frio…) na cara, ruas acima, do Príncipe Real até casa. Quem lá for, olhe para cima por favor, para não perder o candeeiro cinético, as vigas de madeira, com um ar nórdico, (mas estamos em Lisboa?), no amplo estúdio no primeiro andar, ou o florão espelhado, signature da arquitecta. O recheio, naturalmente, acompanhará. Mas temos de esperar para ver. Quase despido, ontem, era a vez do espaço brilhar.

(como não levei a máquina, a imagem é Koolovrat)
Anúncios

Respond to Ar Fresco (Lidija Kolovrat)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s