Stuck in Milan

O  – “maravilhoso”, “fantástico” – vulcão Islandês mantém o mundo aprisionado e imóvel. Que maravilha. É o melhor que a Islândia nos trouxe a seguir a Bjork.  Não é só Geraldine Chaplin que elogia o vulcão, radiante por ficar retida na Madeira, aonde foi parar, sabe-se lá porquê, para assistir à Festa da Flor. Geraldine Chaplin na Madeira e metade do planeta design (quem sabe mais…) “stuck in Milan”, que deve ser a frase que mais vezes leio nos e-mails que me vão chegando. Feliz por estar perto das crias, e não presa num qualquer aeroporto europeu, refém do caos aéreo, penso: bendito vulcão, impertinente vulcão, que nos fez parar. Uma pausa forçada para percebermos que às vezes é estando quietos que mais nos mexemos.

(na imagem um wallpaper do site bjork.com)

Anúncios

Respond to Stuck in Milan

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s