Nómada

Pode parecer uma provocação. Mas para mim faz todo o sentido. É Chairless, a cadeira anti-cadeira e anti-design do arquitecto chileno Alejandro Aravena (que esteve na Experimenta). Claro que não se fala noutra coisa, porque a cadeira, sem costas, sem pés, sem nada, não é mais do que um cinto que se coloca por baixo dos joelhos e nas costas. Um “cinto” que nos sustenta. Como uma cadeira. O melhor é que Chairless foi um dos lançamentos da Vitra em Milão, e custa (!) 20€ (que nem sequer daria para comprar uma unidade das famosas Algue dos irmãos Bouroullec). Mesmo que não sirva para mais nada (mas de certeza que serve, já me imagino na relvinha do Jardim da Estrela a vigiar as crias e a ler um livro sentada numa destas) já serviu para nos perguntarmos, pela enésima vez, “Mas será que precisamos mesmo de outra cadeira?” (a propósito, vale a pena ler o artigo de Alice Rawsthorn no NYT ). Para além de servir, é claro, para pôr meio mundo a falar da Vitra, de Aravena e dos índios Ayoreo, do Paraguai, que serviram de inspiração.

(três imagens relacionadas com Chairless: o cinto, a equação, e a inspiração. Quem quiser ver como funciona, está aqui)

Anúncios

Respond to Nómada

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s