Povo

Mesmo com as crias, e também para elas, mesmo com os carrinhos, mesmo a correr, mesmo com aquela entrada inicial, uma descida aos infernos pelo sinistro bar da cave em rojo pasión (o carrinho obrigou-nos a ir de elevador-plataforma, e foi um chitex), mesmo assim valeu a pena. Bastava um quadrinho do Amadeo para estarmos no Paraíso outra vez. O Povo é sereno. A mui recomendável exposição Povo, no Museu da Electricidade, que parece que entretanto acabou.

One response to Povo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s