Bordalliana

Tivemos semana Bordalliana, primeiro no MUDE, onde foram apresentadas as peças comemorativas dos 125 anos das Faianças e depois nas Caldas, onde fiz pit stop uns dias mais tarde (e trouxe Libelinhas). Entre gatos eriçados e lagostas peneirentas finalmente levantou-se o pano e vimos os elefantes de Fernando Brízio e o dueto de Joana Vasconcelos, com pássaros e peixes. O resto, que também vimos, fica aqui em reportage. Regressei a casa com uma linda sardinha embrulhada em papel de arroz e a pensar nos candeeiros com os macacos pendurados.

(A Bordalliana revista e actualizada. Pândegos, verdadeiramente pândegos, os paquidermes de Fernando Brízio incomodaram muita gente. Joana Vasconcelos transforma os peixes e as andorinhas numa taça motivo, padrão, que não se sente apertada mesmo numa escala pequena. E as colinas de Henrique Cayatte, nem que seja porque estão fora de tudo. As peças estão em exposição no MUDE: Sete Bordalianos ao Jantar)

 


Anúncios

One response to Bordalliana

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s