De Malas Feitas

… já estava eu para sair daqui, mas valha-nos o sol de Verão e valham-nos os passarinhos. Enquanto não contribuimos para a nova vaga de emigração, aqui ficam as criações de James Plumb, nome que parece um, mas são dois (artistas, designers): James Russel e Hannah Plumb. Estes jovens brits conheceram-se enquanto estudavam escultura na Wimbledon School of Art, juntaram-se e começaram a fazer novo a partir do velho, uma coisa que está muito na moda, e percebe-se porquê (é que é mesmo preciso). Os objetos (ena, sem c!) carregam história e histórias, a lógica é crafty, autêntica e local (o ambiente vitoriano das malas e cuckoo clocks a condizer com os suspensórios de James) e está tudo muito bem. Em Milão, vimo-los no jardim do éden de Rossana Orlandi, e consta que têm muito boa imprensa. Se na Grã Bretanha tudo isto encanta muita gente, aqui no nosso jardinzinho ibérico também há quem o faça muito bem. Lembrámo-nos instantaneamente das criações de Joana Astolfi, que também participam desta lógica de assemblage e construção/desconstrução. Não sabemos o que fariam James e Hannah na feira da ladra, mas é garantido que depois disto, velhos, são os trapos.

Anúncios

Respond to De Malas Feitas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s