Rimbaud nas Ilhas

Sim, é mesmo Rimbaud. Ali, à espreita na parede do barbeiro. Aqui, em cima do mar, repetido, em modo stencil, a preto ou encarnado.
Respeito estes encontros improváveis, até porque acabo quase sempre por descobrir que de improvável, têm pouco. É o retorno do acaso, das coincidências que não existem.
O que faz Rimbaud na Praia?

Anúncios

Respond to Rimbaud nas Ilhas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s