Super Pillow

As viagens, por muito curtas que sejam, fazem bem à cabeça, nem que seja porque servem para nos lembrar que o que importa é a jornada, não o destino. Também podem funcionar como poderosos triggers, e levar-nos de volta a sítios que julgávamos ter esquecido. Ou não.
Hoje lembrei-me de G. muito pequenino, aos saltos no meio da neve, um ponto luminoso e amarelo a atravessar a paisagem cinzenta.
E voltei também, quase sem querer, ao princípio deste blogue, sobre “design, filhos e outras criaturas”. Foi assim que fui buscar este projecto das francesas Les M (admito que o nome me agrada…), alias Céline Merhand e Anais Morel, duas jovens designers que têm atraído alguma atenção (representaram o seu país no projecto France à Brésil em 2009 e foram finalistas do Grand Prix de la Création de la Ville de Paris em 2010) pelas melhores razões. Super generoso e apetecível e divertido este espaço Pillow, um workshop para crianças no Centre Pompidou de Metz. E com ecos das gigantes “Boa”, dos Campana para a Edra. De pequenino se torce o pepino. Naice.

Anúncios

Respond to Super Pillow

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s