Rúben

 

icon-09

 

IMG_4433

Durante alguns anos tivemos em casa um amigo imaginário. Era um rapaz misterioso, que aparecia, desaparecendo, de cada vez que alguma das crias fazia um “disparate”. Não foram as crias que o inventaram. Foram os pais das crias, para as safar. Era uma espécie de bode expiatório sempre disponível, e convenientemente invisível. Os cereais numa poça de leite derramado, quem foi? O Rúben. Os brinquedos todos desarrumados, quem terá sido? O Rúben. o 27º DVD do Ruca, perdido, quem terá mexido nele? O Rúben. As bolas da árvore de natal desvairadas pelo chão. Ainda e sempre o Rúben.

O Rúben era bom rapaz. Pau para toda a obra. Rúben sempre a RRRRolar. Porque era RRRRúben, enrolado, que pronunciávamos. E era assim que o chamávamos, vociferando pelo corredor. E os brotos desfazendo-se em inocência, abrindo muito os olhos, encolhendo os ombros, olhando para trás da porta para ver se o viam. Soltando risinhos nervosos. O Rúben, que só imaginámos, mas nos salvou de tanta coisa.

Hoje encontrei-o no supermercado. Perguntei a S., que me acompanhava, se se lembrava dele. Era muito pequenino quando a “imagination” estava no poder. Mãe, quem é o Rúben?

O Rúben, o Rúben é uma latinha encarnada que corre pelo mundo. O génio da lâmpada. E esfumou-se de vez.

 

Anúncios

Respond to Rúben

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s