Le spleen de Porto (Júlio Dolbeth na Dama Aflita)

icon_10spleen_dolbeth_4É possível, é possível que tenha de esperar pelas “águas de Março” para rumar a Norte, mas estivesse eu no Porto e ia direitinha à formosa Rua da Picaria para ver a exposição que Júlio Dolbeth prepara na Dama Aflita.

Por incrível que pareça, Dolbeth, um dos fundadores da galeria de ilustração e desenho, nunca teve uma exposição individual ali.

O bom filho à casa torna, e a partir de sábado (até 14 de Março) vamos poder ver as deambulações de Dolbeth à volta do Spleen Baudelairiano. São uma série de desenhos e pinturas (como essa maravilha aí em cima) “ficções simuladas a partir da observação do quotidiano, referências ao cinema, arquivos de história de arte, retratos de amigos, momentos suspensos no tempo” que documentam, atenção porque é bonito, “o desenho como errância”.

Com muita pena minha, tenho tanto jeito para o desenho como a minha avó Benedita tem para a cozinha. Ou seja, não sei desenhar um ovo estrelado. Mas se tivesse, se tivesse só um bocadinho, era assim que queria desenhar. Um flâneur no papel. Ave, Júlio.

spleen_dolbeth_2spleen_dolbeth_3spleen_dolbeth_1

Anúncios

Respond to Le spleen de Porto (Júlio Dolbeth na Dama Aflita)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s