Banquetes

icon-12Bar-Luce-page

Portugal, sem cheta, não vai à Expo de Milão. Tudo bem. Não vejo em que é que isso contribuiria grandemente para a felicidade pátria. Já uma ida a Milão, por estes dias e sempre, parece-me que poderia contribuir em alguma coisa para a nossa felicidade individual.

É assim, Milano me mata (em italiano seria qualquer coisa como “uccide”, um verbo que não faço a menor ideia de onde veio, porque não estudei latim, mas é cute à mesma). Uma cidade que as pessoas bem desinformadas tendem a catalogar, bárbara e apressadamente, como “feia”. Não é nada feia. No campeonato das Florenças, Romas e Florenças desta vida não pode competir, é óbvio. É outra liga. Uma bande à part. Milão é uma sobrevivente. Primeiro estranha-se, depois entranha-se.

Eu pessoalmente (adoro este pleonasmo ou lá o que é isto) estou cada vez mais entranhada com tanta fealdade Milanesa. Voltava já, se pudesse, só para beber um cappuccio no bar desenhado por Wes Anderson para a Fondazione Prada, no edifício projectado por Koolhaas e a sua avozinha para Miuccia. Também podia ser uma Pellegrino, que está calor. O importante era ter sonhos em tons pastel. Bem acordada. Há pinballs que são a cara de Zissou, jukeboxes à antiga, e dizem que a banda sonora também é do melhor (será que tem Seu Jorge a cantar Bowie em português?).

Segundo o press release (nunca são muito de fiar, os press releases) o spot, chamado Bar Luce, está inspirado no “típico café Milanês”, seja lá o que isso for (as mesas de formica e o chão também estão disponíveis em qualquer café alentejano, BTW). Anderson descreveu o espaço como “um bom sítio para escrever um filme” e não será por acaso que bebe dos clássicos italianos “Miracolo a Milano” (1951, de Sicca) e “Rocco e i suoi fratelli” (1960, Visconti), duas fitas que têm pouco que ver uma com a outra mas que aqui se dão inegavelmente bem.

Antecipei-me, e por isso quando estive em Milão não cheguei a tempo de lá dar um salto. Estava adiantada, o que é raro em quase todas as pessoas, e em mim em particular. Mas ainda vi qualquer coisa. Por exemplo, a exposição Art & Foods, um bem nutrido warm-up para a dita Expo 2015, que ocupa uma fatia considerável da Triennale (são 7 mil metros quadrados) dividida em quatro secções e distribuindo-se por vários andares. Pode ver-se até Novembro.

Art & Foods é pantagruélica, panorâmica, didáctica, riquíssima.  É um banquete. De cada vez que me lembrava de uma coisa (Hmmm, agora apetecia-me mesmo um Morandi) lá aparecia ela, na sala seguinte, à espera de ser saboreada. Até uma casa pré-fabricada, de Jean Prouvé (Les Jours Meilleurs, 1965) de embasbacar. Não estava à espera e por isso mesmo foi ainda mais emocionante.Tem quadros, objectos, fotografias, esculturas, filmes, odores, músicas, daguerreótipos, documentos vários. Das naturezas mortas fim de século (XIX) aos vómitos contemporâneos. A relação entre Arte e Comida, ou a Comida e Arte, muitíssimo bem empratada. Parece que ali se reuniram, para uma jantarada de amigos, todas as obras que importam, de todos os museus conhecidos e desconhecidos, de todos os afortunados coleccionadores, de todas as partes do mundo. Claro que é só uma aparência. Há sempre coisas que ficam de fora, mas aqui parece-me que terão sido só migalhas. Mesmo que ficássemos com as sobras da  refeição, estávamos bem servidos.

Tanta comidinha, é lógico, abre-nos o apetite. Mas a vantagem, isto contou-me a minha amiga R., que é italiana e tem muito bom gosto, é que depois podemos sempre comer qualquer coisa no novo restaurante que abriu há pouco no rooftop da Triennale. Parece que se come bem, e a vista é deslumbrante. Não é o Olimpo, mas deve andar lá perto.

fondazione-prada_bas-princen_2e0109969-985d-48d5-9a24-f468d08dcf5e-1020x679

Anúncios

Respond to Banquetes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s