Prix Émile Hermès 2015|2016

icon-06imageEste é um post de serviço público. Só para avisar que as candidaturas ao Prix Émile Hermès 2015 estão oficialmente abertas. Dézainers de Portugal, respondam ao apelo, ultimamente até temos sido bem sucedidos nestas coisas (Marques apóstrofo Almeida e a Louis Vuitton) e todos sabemos que ninguém é profeta na sua terra (especialmente se tiver nascido aqui).

O tema deste ano é sumarento: Jouer/Play. Fica muito bem no Playtime e se não ficasse publicava-se à mesma, não fosse este um post de serviço público onde até se dá tempo de antena às marcas mais luxuosas do planeta. Ainda por cima à pala.

Como nas três edições anteriores, podem participar designers (e engenheiros e arquitectos e artistas plásticos) diplomados ou com comprovada experiência nas suas áreas, e finalistas, biensûr. O prémio, atribuído anualmente pela Fondation d’entreprise Hermès, dirige-se a “jovens talentos”. Da juventude, como do amor, quer-se que “seja eterna enquanto dure”, mas, na juventude como no amor (excepto o “incondicional e irrevogável” que temos pelos filhos) há limites, e havia que pôr um tecto máximo na coisa: 40 anos. Ou seja, depois disso, estamos perdidos. Mais uma razão para aproveitar e responder ao apelo.

A ideia é desenvolver um “objecto, máquina, utensílio, peça de mobiliário, conceito arquitectónico” que reúna funcionalidade e um “conceito estético da máxima qualidade”. Esta última parte parece-nos um bocadinho subjectiva, mas adiante. Há que ser prático (nada de utopias, avisam-nos!) e reter duas palavras-chave: sustentabilidade e reprodutibilidade (nada de one-offs, alertam-nos!).

Os participantes podem concorrer sozinhos ou em equipa (máximo de 5), e os projectos (a entregar no site do prémio a partir de 1 de Setembro, as candidaturas fecham a 16 de Novembro) serão avaliados por um júri presidido por Matali Crasset. O prémio é tão sumarento quanto o desafio: 50 mil euros para o vencedor. Brincadeira séria, portanto. Atirem-se enquanto é tempo, nem que seja gozando despreocupadamente daquela máxima que diz que mais importante que ganhar é jogar.

 

Anúncios

Respond to Prix Émile Hermès 2015|2016

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s