Balzaquianas

icon-09exercícioOs quarenta são os novos trinta, ou isso dizem, e por mim está óptimo. Balzaquianas do mundo, uni-vos!

Estão giros, estes dias. É giro ter nascido em 1975 e olhar para tudo isto com certo espanto. Os fantasmas revelam-se, cristalinos. A direita em freak out absoluto, apavorada com os antropófagos vermelhos (encarnados), porque eles vêm aí. A esquerda em modo chitex, a convencer-se a si própria que está tudo bem, e que não há diferenças insanáveis, e que agora é que é.

Só que não é. É o sistema, estúpido.

Estamos todos lá dentro. Até o Banksy, até o Chomsky, embora estes tenham a pestana aberta. Até o Instagram, que já admite patrocínios.

Vou só ali ler o Orwell e fazer uma máscara hidratante e já volto.

(Num jornal espanhol, explicam-nos que fazer exercício ajuda a acabar com as rugas. Num jornal português, alertam-nos para os perigos de dormir com a almofada errada, porque faz rugas. Os ovos afinal são bons para o colesterol. Espera, talvez não. As sardinhas também eram maléficas nos anos 80.

Por isso é que gosto das meninas da fotografia: são coerentes. Matchpoint e um bafo, e já está.)

 

Anúncios

Respond to Balzaquianas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s