breathless, branded and bewildered

icon-09

 

20200207_203422.jpg

Um dia conheci um digital manager que mandava tanto que lhe chamávamos digital master, e ele percebia mesmo daquilo, posts, e influéncers e #hashtags, e melhores horas para postar, e microblogging e cross posting, e colabs, e todos os meandros da #vidavirtual.

Apesar de se mover no #meiodigital como peixe na água, o master é um tipo de carne e osso. Que se lambuza com um cherne grelhado acabado de pescar e bebe imperiais com os amigos de baixo do Sol de Inverno. Que se ri e dá beijinhos na mulher. Quero dizer, ele está no mundo.

 

Não dá muito para fugir, porque é o mundo que temos, mas este digital master é capaz de ser um bocadinho diferente do resto dos

 

ContentCreatorSocialMediaStrategistDigitalManagerHeadofContentConsultant

 

o que me deixa breathless, branded and bewildered

 

e me leva a pensar no que faço, sendo que o que faço, apesar de não ter encontrado melhor designação que “copy and content” (aaaaallitération) é simplesmente:

 

ESCREVER

 

Uma assinatura (ou tagline)

Um about

Uma história

Um post

Um website

Uma folha de sala

Uma descrição de produto

Um texto para um rótulo

Um texto pago por uma marca num jornal

Um texto pago por um jornal num jornal

Uma carta de apresentação

Uma micro-narrativa

Um anúncio de airbnb

Um poema

Um haiku modernito

Um romance

 

E isto é #escreverescrever

 

(já disse que também fazemos traduções? adaptações?)

O que não é, é “content”. Content só é bonito quando lembra um contentamento descontente.

Não gosto desta palavra porque parece que a forma está divorciada do conteúdo e isso para mim não tem sentido. Bem sei que o que para mim tem sentido ou não interessa muito pouco, mas não podia deixar de partilhar (outra palavra esvaziada de sentido) isto aqui. Parece que estamos para aqui a encher chouriços (com conteúdo) e há que resistir.

 

Em tudo o há que resistir, menos no amor.

 

(texto originalmente postado no eshtagrã, entretanto extirpado de gralhas, dedicado aos meus queridos familiares e amigos resistentes que não estão nas redes sociais e não percebem muito bem o que eu faço.)

 

Respond to breathless, branded and bewildered

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s