Montanha Russa

icon-07

caminho_jules_jim.jpg

Quem não anda a pé por Lisboa, devia andar. Eu faço-o sempre que posso.  É mesmo assim. Não há paciência para condutores incivilizados e filas intermináveis, dependentes da guilhotina do semáforo de serviço.

Mesmo com as colinas, se calhar até por causa das colinas, andar por Lisboa é um luxo.

Continue Reading

Identidade Natural

icon-06

unspecified-4

Bem-vindos à sociedade pós-química. Na realidade, os elementos naturais que nos rodeiam estiveram sempre aqui, mas agora parece que houve um abrir de pestana colectivo e percebemos que somos mesmo, mesmo, aquilo que comemos. E os remédios que tomamos. Por isso, temos cada vez mais juizinho. Por isso, laboratórios como os portugueses Biocol, fundados em 1978, fazem tanto sentido.

Continue Reading

Açores, agradecida

icon-07

IMG_7161.jpg

Os Açores são a coisa mais linda.

Tão linda, mas tão linda, que me pergunto como fui capaz de viver até agora, em relativo sossego, passando-lhes ao largo.

(Ou quase, já tinha estado na Terceira.)

Os Açores são assim: azul, verde, azul, verde, azul.

Continue Reading

Chiados e Chinas

icon-07

IMG_7059.JPG

 

Um vaipe de domingo levou-me direitinha para a armadilha da Feira do Livro. Que maravilha, que horror, que maravilha. Se querem experimentar mixed feelings, vão lá.

Um mar de gente. Calor que se farta. Street food em barda, dizem que bom mas eu estava em modo bibliófago.

Continue Reading

Milagre

 

icon-12

IMG_7006

Foi preciso um engenheiro para me garantir que cheia, a garrafa aguentaria no suporte. Não queria acreditar. Talvez porque cá em casa gostemos de ver a garrafa sempre meia vazia, contrariando o pessimismo do copo, que se quer meio cheio.

Continue Reading

Cocó Chanel

icon-07

Chanel_no_5_ad-thumb-600x331-6633

Estou à vontade porque sou uma abençoada moradora da Madralapa, que é aquele bairro físico e imaginário que às vezes cobre a Madragoa, outras vezes a Lapa, outras vezes ainda os espaços que ficam pelo meio, os in-betweens, que são os melhores, como bem sabe quem pratica meditação.

Continue Reading

Aravena (Alucina, Alucina)

icon-15

Aravena1

Há meses assim. Um dia, ficamos felizes ao saber que o chileno Alejandro Aravena ganhou o Prémio Pritzker. Uns dias depois, ficamos tristes ao saber da morte do arquitecto Português Nuno Teotónio Pereira.

Continue Reading

Ella é que sabe

icon-12

beet web

Quando achava que na minha vida só havia espaço para uma Ella – a Fitzgerald, e mais nenhuma –  a minha amiga G., sempre muito moderna, antecipa-se ao Natal oferecendo-me um livro de receitas saudáveis para não fundamentalistas.

Continue Reading

Teresa Pavão (as voltas da vida)

icon-07IMG_6812Que bom seria viver só rodeado de coisas bonitas e úteis. E na coincidência das duas.

É isso que acontece sempre que as voltas da vida, e já são algumas, me levam ao atelier da Teresa Pavão, ali na Sé.

Continue Reading

Jacarandando

icon-0710428513_10153892966074377_2722465974831380006_nAndava com a cabeça no ar à procura do jacarandá mais bonito de Lisboa e não me decidia. Depois o meu amigo D. fez o favor de publicar esta fotografia e sosseguei. Não sei se é o jacarandá mais bonito de Lisboa mas anda lá perto, de certeza. Também não sei se existe um concurso do jacarandá mais bonito de Lisboa, como aqueles da “rua mais florida” e coisas assim. Mas se não há, devia haver.

Continue Reading

No more posts.