Página 99

icon-13

1206-BKS-Humor-jumbo-v2.jpg

Entramos na gruta de Ali Babá e S. hesita uns segundos antes de descobrir o caminho que leva ao espaço das crianças. É um ninho dentro de um ninho.

Estamos na livraria Fonte de Letras, em Évora, e não sei como é que o meu filho me deixou entrar. Se calhar foi porque não parecia bem uma livraria, ou só uma livraria. Se calhar cheirou-lhe a bolinhos.

Continue Reading

Virgil em Veneza

icon_10

jpUx8QKA.jpeg

Virgil, o ano ainda não vai a meio, mas já posso dizer que foste uma das melhores coisas que me aconteceu em 2019. Não nos conhecemos pessoalmente, e se calhar até é melhor assim. Estivemos pelo menos umas horas ao mesmo tempo na mesma cidade, isso sei de fonte segura, muitíssimo bem informada, mas para ti foi hit and run, ou não fosses uma estrela a rasgar o céu. Subir a um palco, receber um prémio, agradecer com duas palavras breves, meter-se num carro paciente e rumar ao aeroporto. Ainda te esperámos no Bar Basso, true, mas foi em vão.

Continue Reading

vende que te quiero verde

icon-07

IMG_20190409_110918_resized_20190503_125833936.jpg

O verde vende, é óbvio. Vende que se farta – verde que te quiero verde, vende que te quiero verde, vende que te quiero vende – e basta olhar à nossa volta para perceber de que maneira o faz e como somos todos alegremente levados nessa ilusão cheia de folhinhas e rebentos e cenas renováveis.

Consumimos, consumimos, consumimos, mas porque é verde, redimimo-nos, redimimo-nos, redimimo-nos.

Continue Reading

Pretziada

icon-06

IMG_20190408_124332_resized_20190429_073645624.jpg

Pretizada means precious in Sardo” explica-me o gentile Ivano, que nasceu na Sardenha ou em Milão, não me lembro bem, mas passou pela Sardenha, isso sem dúvida, viveu em Nova Iorque com Kyre, a sua mulher e companheira de aventuras, e voltou à terra, onde agora vivem na parte mais remota da ilha.

Continue Reading

Delay (Milan Design Week 19)

icon-06

IMG_20190407_202232_resized_20190429_073949448.jpg

De Montemáximo a Milão são 20 horas de distância. 2107 quilómetros redondinhos.

(Bonito número)

Outra coisa é a distância real. Senti-la no corpo. O que acontece quando se acorda  no Alentejo e se adormece muito literalmente num letto da principessa na capital do stile (a minha queridíssima anfitriã, chamada Benedetta, tem três anos e um edredon do Frozen, com a Elsa ou a irmã, indiferente, e imensos flocos de neve).

Digam o que disserem, Milão é o máximo.

Continue Reading

Entr’acte

icon-09

IMG_20190409_115231_resized_20190429_075021450

Disse que voltaríamos a seguir ao intervalo, só não sabia que seria um intervalo tão longo.

Cinco meses é muita fruta, uma estação inteira, mas se a iurnata e’nu muorzo,  o Inverno é uma dentada e este já passou.

Continue Reading

Laifestáile

icon-09

IMG_5665

A sério que queria imenso escrever sobre todas as coisas que acontecem lá fora, os projectos, lançamentos, produtos, comidinhas, acessórios, peças, com dézaine, sem dézaine, coisas orgânicas, mecânicas, humanas, exposições, hotéis, esplanadas, co-works, lojas, espaços e afins, mas não consigo. Ou melhor, consigo – e ainda o faço, de outra forma não estaríamos aqui, eu deste lado, tu desse lado – só que é cada vez mais raro.

Continue Reading

Sólidos Fofinhos

icon-08

Landscapes 18_IORParece que está cientificamente provado que a arte liberta serotonina e ia jurar que o design também. Olhando para alguns objectos que nos causam espanto, um espanto bom, percebe-se imediatamente o efeito que têm em nós, tão suave, luminoso e necessário como um banho de Sol de Inverno.

Continue Reading

#EleSim (lá lá lá lá laiá)

icon-15

qvpbejv4dqr11.jpg

Tenho as costas quentes enquanto escrevo, e é mesmo o Sol que aquece, aqui onde estou, óculos de Audrey, t-shirt Picassiana, panamá fake que foi o que se arranjou.

Este mês de silêncio e rebuliço tem passado a correr. Muito atarefados todos, nas nossas vidinhas, olhamos o mundo pasmados pelas piores razões.

Continue Reading

No more posts.