vende que te quiero verde

icon-07

IMG_20190409_110918_resized_20190503_125833936.jpg

O verde vende, é óbvio. Vende que se farta – verde que te quiero verde, vende que te quiero verde, vende que te quiero vende – e basta olhar à nossa volta para perceber de que maneira o faz e como somos todos alegremente levados nessa ilusão cheia de folhinhas e rebentos e cenas renováveis.

Consumimos, consumimos, consumimos, mas porque é verde, redimimo-nos, redimimo-nos, redimimo-nos.

Continue Reading

Pretziada

icon-06

IMG_20190408_124332_resized_20190429_073645624.jpg

Pretizada means precious in Sardo” explica-me o gentile Ivano, que nasceu na Sardenha ou em Milão, não me lembro bem, mas passou pela Sardenha, isso sem dúvida, viveu em Nova Iorque com Kyre, a sua mulher e companheira de aventuras, e voltou à terra, onde agora vivem na parte mais remota da ilha.

Continue Reading

Delay (Milan Design Week 19)

icon-06

IMG_20190407_202232_resized_20190429_073949448.jpg

De Montemáximo a Milão são 20 horas de distância. 2107 quilómetros redondinhos.

(Bonito número)

Outra coisa é a distância real. Senti-la no corpo. O que acontece quando se acorda  no Alentejo e se adormece muito literalmente num letto da principessa na capital do stile (a minha queridíssima anfitriã, chamada Benedetta, tem três anos e um edredon do Frozen, com a Elsa ou a irmã, indiferente, e imensos flocos de neve).

Digam o que disserem, Milão é o máximo.

Continue Reading

Entr’acte

icon-09

IMG_20190409_115231_resized_20190429_075021450

Disse que voltaríamos a seguir ao intervalo, só não sabia que seria um intervalo tão longo.

Cinco meses é muita fruta, uma estação inteira, mas se a iurnata e’nu muorzo,  o Inverno é uma dentada e este já passou.

Continue Reading

No more posts.