Uma Família de Flâneurs no Walk & Talk

icon_10

IMG_7851

Não sei o que levaria para uma ilha para além dos meus amores, mas dos Açores volta-se sempre de alma lavada. Tanto azul, tanto verde, e a minha favorita: a pedra vulcânica, negra, granulosa, que tão intensamente e a seu gosto recorta o mar.

Cada fim é sempre um princípio e por isso voltamos na esperança que desta vez seja de vez.

Nunca é.

Continue Reading

Walk&Talk #6 (circulando)

icon_10

unnamed.png

Podes sair dos Açores, mas os Açores nunca saem de ti.

Talvez por ser um conjunto de ilhas, e as ilhas serem por natureza propensas à circularidade.

Dás voltas e voltas. Sais da ilha, e a ilha continua.

Podia invocar mil razões para voltar aos Açores rapidamente, mas fico-me por uma, que no imediato me parece suficiente. Chama-se Walk&Talk e é o festival de artes que trouxe a periferia para o centro, e vice-versa.

Continue Reading

Abril, Domus Mil

icon-06

FABRICA_DOMUS_UCB_Pris object_designed by Sam Baron.JPG

A revista Domus, fundada em 1928, festeja o seu milésimo número com uma série de colaborações com os grandes do design reunidas no projecto Tribute to Domus, a decorrer na Semana do Design de Milão.

Continue Reading

FU HA

icon-06Direction_FUHA_FABRICA_DAIKIN_004O calor passou. Estava quente que mordia e de repente levámos com sucessivas trombas de água sem saber nem como nem porquê. Deixámos os edredons nas camas, apagaram-se os leques e abanicos, e até o ar condicionado ficou suspenso.

Devo dizer que não gosto particularmente de ar condicionado. Arrelia-me. Arrepia-me. Prefiro ventoinhas, se possível daquelas de tecto, com umas pás lindíssimas e rítmicas, que nos embalam na sua frescura feita de monotonia.

Continue Reading

Prata da Casa

icon-06

Top†zio_Catalogo Exposiá∆o 140 anos (dragged) 4

Este “contentor de água” de Fernando Brízio não é para ser visto assim, no vazio. Imaginem-no encostado a uma parede. O tubo de cobre, protuberante, saindo da superfície branca, e daí deslizando, como a água que flui e assume todas as formas, para o interior do contentor de prata. Só para sair de novo.

Cheio ou vazio, encostado a uma parede ou flutuando no escuro, é sempre uma beleza. Water Container #5, é uma das peças criadas para celebrar os 140 anos da Topázio.

Continue Reading

Poets (um brinde)

icon-06

FFP-003-S-FORMAFANTASMA-PINCH-VASO

 

Cinco amigos reunidos à volta do sopro divinal de Massimo Lunardon, e a poesia faz-se vidro, versátil e vulnerável como as palavras costumam ser.

Esta é a ideia da colecção POETS, apresentada estes dias em Paris.

Continue Reading

Lotaria

icon-08

Bouquet_Baron_Nodus_275

“A vida é uma lotaria” solta-me G., depois de bater com a cabeça no acaso, que para a história assumiu a forma de porta de automóvel. “Não pedimos para nascer, não pedimos para morrer, nem para bater com a cabeça em portas de automóvel”.
Sim, é um facto. Concordo que há muitas coisas, infinidade de coisas, que não pedimos e que nos acontecem. Mas acrescento que também há muitas que somos nós que fazemos, querendo com isto dizer que somos nós que nos fazemos. Acho que digo tudo isto para me convencer de que é mesmo assim. Sempre é uma tentativa. E é. Mas dura pouco.

Continue Reading

No more posts.